junho 7, 2016

IVI lidera a lista de melhores pesquisadores de ginecologia, obstetrícia e biologia reprodutiva da Espanha

Prof. Pellicer, presidente do IVI

A última atualização do Índice h, realizada em maio, posiciona o Professor Antonio Pellicer, presidente do IVI, em primeiro lugar no ranking dos melhores pesquisadores na área de Ginecologia e Obstetrícia, além de biologia reprodutiva na Espanha, com um Índice h de 66. A Espanha é uma das principais referências mundiais em tratamentos de reprodução humana, grande parte desse destaque existe graças ao grupo IVI, que tem origem nesse país e presença em um total de 11 países, incluindo o Brasil.

Outros especialistas importantes do IVI foram bem posicionados nessa lista que para ser obtida, envolve a produção científica de maior impacto mundial.

Em entrevista, o Prof. Pellicer conta um pouco sobre o que significa este prêmio.

O que é o Índice h?

O Índice h ou h index (em inglês) é o indicador mais empregado para estimar o sucesso de um investigador baseando-se na sua produção científica. Seu valor é obtido pelo número de artigos científicos publicados e número de menções recebidas.

O que significa para o IVI ter quatro dos seus ginecologistas entre os seis melhores pesquisadores da área de ginecologia e biologia reprodutiva?

É uma honra aparecer neste tipo de classificações, já que revela a importância de um pilar essencial para o IVI: O investimento em pesquisa. Para nós, a pesquisa científica significa avançar e a ciência só acontece com dedicação e aprimoramento contínuo. Os estudos que realizamos permitiram melhorias e desenvolvimento de técnicas que influenciam os nossos resultados clínicos.  Os avanços não teriam valor se não pudessem ser aplicados nos pacientes. Acredito que isso nos diferencia de outros centros que apenas realizam tratamentos para a infertilidade.

Para um pesquisador o que é mais importante, as publicações, os prêmios ou o reconhecimento social?

O mais importante com certeza é contribuir com o desenvolvimento da ciência, que consequentemente repercute na sociedade. O reconhecimento é o maior prêmio que um pesquisador pode receber, já que significa que seus descobrimentos têm relevância e foram reconhecidos internacionalmente por servirem para o avanço da ciência.

Qual é o caminho da investigação em reprodução humana assistida?

A investigação em reprodução humana assistida precisa avançar com foco na sociedade. Isso é o que acreditamos no IVI. Por isso, o futuro da pesquisa científica para nós passa pela medicina regenerativa, pela genética da reprodução e a importância de melhorar o sucesso reprodutivo, pois esta é uma a necessidade social.

 

Solicite a sua primeira consulta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up