03 de November de 2017

IVI comprova utilidade do teste doméstico de fertilidade masculina SwimCount

110117_SwimCount

IVI, líder mundial em tratamentos infertilidade, participou de um estudo multicêntrico que demonstra a eficácia do teste doméstico de fertilidade masculina SwimCount. Este estudo foi apresentado hoje durante o 73º Congresso Anual da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, que se está acontecendo esta semana em San Antonio (Estados Unidos) e que reúne especialistas em Fertilidade de todo o mundo. Na pesquisa apresentada, além do IVI, participaram também o hospital Acibadem Fulya da Turquia, o banco de esperma Nordic Cryobank da Dinamarca e a clínica de fertilidade Ciconia, também da Dinamarca.

Um exame de fertilidade masculina que pode ser feito em casa representa um avanço para melhorar o diagnóstico da fertilidade do casal por sua comodidade de realização. Na pesquisa que confirmou sua eficiência, foram analisadas 323 amostras de esperma dos pacientes e realizada sua comparação com o espermograma tradicional. O resultado foi uma correspondência de 95%, o que significa um alto grau de fiabilidade. O teste está à venda em vários países, mas não no Brasil.

“SwimCount é uma revolução para o diagnóstico precoce da infertilidade masculina, que representa 40% das causas da infertilidade do casal. Outros 40% são devido a fatores femininos e os últimos 20% restantes, ainda são causas desconhecidas”, explica Michelle Borges, diretora do laboratório de embriologia da clínica IVI Salvador. “Não podemos subestimar a importância do fator masculino na reprodução e, portanto, um teste que permite que os homens façam um diagnóstico em casa com um alto grau de fiabilidade é um grande avanço”, conclui a especialista que acompanhou pessoalmente atividades do congresso.

Único teste doméstico que analisa a motilidade progressiva dos espermatozoides

Até agora os testes domésticos de fertilidade consideravam apenas a quantidade de espermatozoides e não a qualidade dos mesmos, apesar da capacidade de movimentar-se em linha reta e motilidade progressiva são fatores mais importantes para a fecundação do óvulo, já que a gravidez ocorre a partir da fecundação de um único espermatozoide. Diante de um resultado anormal no teste SwimCount, é preciso procurar um médico especialista para a realização de uma análise mais completa da fertilidade.

Nas clínicas de reprodução humana, o teste realizado é o espermograma, que consiste na análise dos espermatozoides por microscópio onde são observados mais parâmetros de qualidade como a morfologia dos nadadores, algo que nenhum teste doméstico é capaz de avaliar.

 

Como funciona o SwimCount

Depois de depositar uma pequena amostra de sêmen no dispositivo, o teste irá identificar com a cor azul os espermatozoides com capacidade de movimentação progressiva (em linha reta e não em círculos, por exemplo). Desta forma quantos mais espermatozoides alcancem os pontos estabelecidos, mais forte será a intensidade da cor. O resultado do teste fica pronto em 30 minutos.

Um número de espermatozoides inferior a 10 milhões no resultado do teste indica dificuldade em conseguir uma gestação dentro do prazo de um ano de tentativas. Caso em que é recomendável consultar um especialista em reprodução assistida.