novembro 12, 2014

Obesos ejaculam menos espermatozoides que homens dentro do peso ideal

Com o título influência da obesidade masculina nas taxas de gestação em ciclos de reprodução assistida com óvulos doados o estudo liderado por Gabriel de la Fuente, ginecologista do IVI Madri, revela que homens obesos ejaculam em média 8 milhões de espermatozoides por mililitro menos que os homens que estão dentro do peso ideal.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que o peso ideal de baseada no seu IMC (Índice de Massa Corporal), que deve estar entre 19 e 25. Para calcular o IMC, utiliza-se a seguinte fórmula:

IMC = PESO ÷ ALTURA²

Até que ponto o peso influencia na fertilidade do homem?

Para realizar este estudo, a premissa dos pesquisadores foi isolar a influencia do fator feminino na fertilidade, por isto participaram 1.931 casais que realizaram tratamento de reprodução humana com utilização de óvulos doados, onde a qualidade do fator feminino é necessariamente ótima. Os resultados apresentados não identificaram uma diferença significativa na concentração de espermatozoides de homens com sobrepeso em comparação aos com IMC ideal. No entanto, os homens obesos tinham em média 9 milhões de espermatozoides por mililitro menos que os que estavam dentro do IMC ideal.

O estudo encontrou uma relação entre a obesidade e a baixa qualidade do sêmen, porém esta diminuição de qualidade não refletiu nos resultados de taxas de gravidez; fato pode ser entendido porque através da técnica de Fertilização in Vitro o sêmen passa por um processamento, onde a mostra exposta ao óvulo é selecionada e, portanto, qualificada.

Alimentação da fertilidade masculina

A relação entre uma boa alimentação e uma boa saúde são evidentes. Esta fórmula também se aplica para a fertilidade. A nutricionista Raquel Pegorano sobre o que não pode faltar na dieta da fertilidade do homem:

Zinco: Sua deficiência pode conduzir a níveis mais baixos de testosterona e inibição do processo de formação dos espermatozoides (espermatogênese). Alimentos fonte de Zinco: ostras, carne bovina, fígado de galinha, carne de peru escura, feijões, germe de trigo, amêndoas, leveduras, entre outros.

Selênio: Mineral tão importante quanto o zinco para a um esperma saudável. Alimentos fonte de Selênio: grãos integrais e ovos.

Vitamina C: Vários estudos associam a vitamina C a uma melhor imunidade e também a uma melhor qualidade do esperma. Além disso, as frutas cítricas são ricas em antioxidantes, e por isso diminuem o impacto dos hormônios do estresse, que podem atrapalhar a ereção.

Solicite a sua primeira consulta:

1 comentário

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Voltar ao topoarrow_drop_up