janeiro 23, 2014

Como engravidar?

A principal pergunta que este blog pretende responder é como engravidar. Para tanto, falamos sobre tratamentos, damos dicas para que está tentando a gravidez natural e explicamos sobre sintomas que indicam a necessidade de procurar ajuda especializada.

O desejo de ter filhos parece simples de solucionar e por isso, quando a gravidez não vêm a frustração é grande. Além de fazer o básico para engravidar (ter relações sexuais frequentes sem proteção ou contraceptivos) seria ótimo poder responder esta pergunta com uma fórmula simples que traga uma solução rápida e eficiente para todos os casos, mas não existe uma resposta única e ao mesmo tempo verdadeira para como engravidar, por isso, desconfie das fórmulas mágicas.

Crescemos com a ideia que engravidar é fácil, e que inclusive isto pode acontecer com o primeiro deslize. Parece que quando não se quer, a gravidez nos persegue e quando vemos que estamos prontos, ela não vem. Neste blog vamos tentar abordar o máximo de possibilidades e casos para atender o maior número possível de dúvidas. Você está convidado(a) a colaborar!

Para começar é importante conhecer as principais causas de infertilidade que podem ser evitadas.

As causas da infertilidade são diversas, consequentemente também são diversos os tratamentos de infertilidade. Algumas causas de infertilidade não podem ser evitadas, outras sim.

Idade da mulher: Todos conhecem casos de pessoas que engravidam após os 40 naturalmente, alguns conhecem pessoas que engravidam até mais tarde, mas estas pessoas são exceções, tiveram muita sorte genética e não apenas um estilo de vida saudável. A realidade da maioria é que a reserva de óvulos começa ficar mais reduzida e com menor qualidade a partir dos 35 anos. Os homens também sofrem queda de fertilidade a partir dos 50 anos.

Estar fora do peso: Estar acima ou abaixo do peso é prejudicial para a fertilidade. Como o mais comum em nossa sociedade é estar acima do peso, insistimos mais neste assunto. Um IMC acima de 25 é prejudicial para a fertilidade masculina e feminina.

Clamídia: é a doença sexualmente transmissível reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como a principal causa evitável de infertilidade.

Fumar: Homens e mulheres fumantes tem uma possibilidade três vezes maior de sofrerem de infertilidade, além disso, estudos realizados pelo IVI demostram que a mulher que fume mais de 10 cigarros por dia pode provocar infertilidade em seus filhos e filhas.

Quimioterapia/radioterapia: apesar do tratamento contra o câncer não é evitável, são de grande risco para a fertilidade. Sempre que possível e com a orientação do oncologista, deve-se preservar a fertilidade antes de iniciar estes tipos de tratamento.

Ainda tem dúvidas? explore os outros posts do BLOG do IVI e fique atendo às nossas dicas e notícias sobre fertilidade.

Solicite a sua primeira consulta:

4 Comentários

  • sumaia viana says:

    Boa tarde ,gostaria de algumas informações ou até de um aconselhamento,tenho 38 anos,fiz cirurgia bariátriaca há 6 anos e depois dela ,venho tentando engravidar e não consigo,já me diagnósticaram com endometriose, S O P,excesso de testosterona e finalmente a médica me disse q não ovulo e por isso não posso engravidar de maneira natural.Por favor me deêm uma luz .

    • Luciana Barbosa says:

      Boa tarde Sumaia, para casos onde não há ovulação o tratamento indicado é gestação com óvulos doados. Procure uma de nossas clínicas em Salvador ou São Paulo para que nossos especialistas possam te ajudar. Salvador: (71) 3014 9999 ou São Paulo: (11) 3266 7733
      Fique tranquila e confiante, hoje em dia a maioria dos casos de infertilidade têm solução!
      Boa sorte!

  • Claudineia santos says:

    Boa tarde sou mãe de três crianças linda mais eu retirei as duas trompas pra mim em gravidar novamente é só fazendo uma infantilização em viquitro ou tem outro método de em grávida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up