setembro 5, 2017

Menos carboidratos para mais chances de gravidez

Uma alimentação equilibrada é muito importante para a fertilidade, pois com os nutrientes absorvidos pelo corpo estão diretamente ligados ao bom funcionamento do aparelho reprodutor tanto do homem quanto da mulher.

Além dos nutrientes, também influencia muito estar dentro do IMC ideal, que é entre 18,5 e 25, porém não vale qualquer dieta para perder peso e aumentar as chances de gravidez. A dieta baixa em carboidratos, assim como a dieta mediterrânea são ótimas alternativas e têm sido recomendadas por nossos especialistas por serem nutritivas, variadas e permitir uma variedade grande de opções.

Para que a alimentação ajude a equilibrar a fertilidade, ela deve ser baixa em carboidratos e rica em vegetais e proteínas. Os efeitos positivos dessa dieta foram comprovados através dos resultados do estudo realizado pelo Delaware Institute for Reproductive Medicine, nos Estados Unidos. Que identificou que 58% das voluntárias em tratamentos de reprodução humana que adotaram uma dieta baixa em carboidratos, obtiveram um resultado positivo de gravidez, enquanto entre as pacientes com uma dieta alta em carboidratos, somente 11% conseguiu engravidar.

Que está tentando engravidar deve evitar principalmente os carboidratos refinados, conhecidos por seu impacto negativo no metabolismo, o que pode levar à obesidade, algo que está relacionado a uma redução de até 3 vezes das chances de gravidez. Como alternativa, são preferíveis os alimentos integrais, que também serão positivos por sua maior concentração de fibras.

Uma alimentação equilibrada beneficia equilíbrio e bem-estar de todas as pessoas, e no caso daquelas que estão em busca de realizar o sonho de ser mãe, cuidar da dieta é uma escolha que vai fazer diferença para conseguir o resultado positivo antes.

Quanto e quais alimentos ricos em carboidrato posso comer se estou tentando engravidar?

Os carboidratos são uma fonte de energia importante para o organismo, por isso não devem ser totalmente banidos da dieta. Estão presentes nos cereais, pães, batata, arroz e massas; todos alimentos muito presentes na rotina de quase todas as pessoas. Portanto, é importante escolher as melhores fontes de carboidratos para obter um melhor benefício desse nutriente e evitar excessos.

Uma porção ao dia de alimentos ricos em carboidratos deve ser o limite, de preferência elimine pão branco e excesso de massas. Uma alimentação mais nutritiva é rica em vegetais frescos, frutas e proteínas.

Qual é a relação do peso com a fertilidade?

O alto peso, principalmente a obesidade, influencia no equilíbrio dos hormônios e sua produção ideal, que por sua vez estão totalmente relacionados com a ovulação e funcionamento do aparelho reprodutor em geral, dificultando as chances de gravidez e aumentando os riscos de complicações graves como abortamentos e diabetes gestacional.

A qualidade dos espermatozoides pode melhorar com a dieta

Também está comprovada a importância da alimentação para a fertilidade masculina, inclusive a níveis genéticos. Segundo a pesquisa publicada recentemente na revista científica Fertility and Sterility, o impacto positivo de uma dieta saudável influencia a fertilidade dos homens reduzindo a fragmentação de DNA espermático. Os benefícios da dieta foram ainda mais relevantes entre homens que apresentavam uma qualidade dos espermatozoides abaixo da normalidade.

Menos açúcar também vai ajudar

O açúcar, outra fonte de energia importante, com o tempo e dependendo da quantidade, pode prejudicar o organismo muito além do aumento de peso, pois o corpo se torna menos hábil para processar o açúcar, prejudicando o metabolismo e podendo causar um aumento de inflamações e danos mitocondriais. As mitocôndrias são fundamentais para a saúde das células e consequentemente afetam diretamente a qualidade dos óvulos e espermatozoides.

Gradativamente reduza a quantidade de açúcar que você consome, principalmente o açúcar refinado e bebidas açucaradas em excesso como refrigerantes e sucos artificiais!

Solicite a sua primeira consulta:

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up