dezembro 14, 2016

O sangramento da nidação sempre acontece?

sangramento de nidação

A nidação é o momento mais esperado do tratamento de Fertilização in Vitro, pois é o período em que o embrião introduzido no útero materno e a parede externa deste mesmo órgão entram em contato com uma missão fundamental para o sucesso da gravidez: estabelecer as conexões necessárias para o embrião receber os nutrientes e desenvolver-se saudável.

Duas coisas importantes para que a nidação aconteça

Já vimos anteriormente que para que a nidação aconteça é preciso que o embrião tenha saúde genética, o que significa que é importante não ter alterações genéticas e cromossômicas que possam impedir ou colocar em risco a continuidade do desenvolvimento embrionário normal, se quiser recordar, acesse o post onde falamos sobre como o diagnóstico genético pré-implantacional (PGS) pode aumentar as chances de gravidez e reduzir os riscos de aborto.

Além de um embrião saudável, também é necessário um endométrio receptivo, ou seja, que a parede interna do útero onde o embrião irá estabelecer suas conexões precisa estar pronto para ajudá-lo com condições de implantação mais favoráveis.

Por que a nidação pode sangrar?

Quando ocorre a nidação, por conta da ruptura de alguns vasos, é possível que ocorra um sangramento que pode ser mínimo, ou até mesmo chegar a ser confundido com a menstruação. O sangramento da nidação ocorre em uma de cada quatro mulheres, portanto, a maioria das mulheres não irá sangrar nesta fase.

Quanto tempo dura o sangramento da nidação?

Normalmente o sangramento da nidação é suave, parecido com o fluxo do fim da menstruação e dura cerca de dois a três dias, porém este fluxo pode variar um pouco dependendo de cada mulher.

Não sangrei após a transferência. Será que a nidação não ocorreu?

Como dito, no momento em que o embrião começa a estabelecer as conexões vasculares com o endométrio, pode acontecer a ruptura de pequenas veias e artérias que irrigam este tecido interno. Esse processo é normal e ocorre em aproximadamente 25% das gestações.

Portanto, se você não sangrar, não se preocupe, a maioria das mulheres não sangra.

Sangrei na nidação anterior, mas neste ciclo ainda não. É normal?

É importante saber que cada gravidez é única, mesmo quando a mãe é a mesma. Portanto, pode acontecer que uma mesma mulher apresente o sangramento da nidação em sua primeira gestação, mas não tenha na segunda, ou vice-versa.

Como saber se o sangramento é por causa da nidação?

O sangramento sempre é um sinal de alerta, portanto, mesmo que desconfie que seja o sangramento de nidação, comunique à equipe de enfermagem da sua clínica para que elas se comuniquem com o médico responsável. As enfermeiras farão uma série de perguntas para você para estimar se existem riscos e também para informar seu médico.

Qual é a solução para o sangramento do início da gravidez?

A solução para reduzir o sangramento precisa ser estudada individualmente para cada paciente. Por isso é importante falar com seu médico, que pode apenas sugerir o repouso ou prescrever alguma medicação. Lembrando que é especialmente importante avisar sobre aqueles sangramentos que são acompanhados de dores fortes para descartar qualquer risco para sua saúde e de seu bebê.

Dr Agnaldo Viana explica o processo da nidação

Quer saber como acontece a nidação? Assista a explicação do Dr. Agnaldo Viana

Solicite a sua primeira consulta:

5 Comentários

  • Karol Freitas says:

    Olá doutor estou com cinco dias de atraso.mestrual não tive nenhum sangramento de nidação ainda será que posso estar grávida ? Guando posso fazer o teste ?há eu tenho sop mas todo mês e certinho vir faço tratamento para engravidar tenho minhas dúvidas todos meu exames estão tudo bem para que eu possa engravidar

    • Luciana says:

      Bom Dia. Recomendamos que você tenha uma consulta com seu ginecologista que possa indicar o motivo do seu atraso. Saudações

  • Bruna says:

    Olá, doutor!
    Minha menstruação veio do dia 10 de novembro até o dia 16 (último dia), no dia 19 tive relação e foi sem proteção.
    Comecei a sentir enjôo no dia 25 de noite e de vez enquando sinto enjôos e tonturas quando faço movimentos muito rápidos.
    Não sangrei, não estou com os seios doloridos e nem nada. É possível eu estar grávida?

  • Bruna says:

    Olá, doutor!
    Minha menstruação veio do dia 10 de novembro até o dia 16 (último dia). No dia 19 tive relação sem proteção e no dia 25 desse mês, comecei a sentir enjôos de noite, de vez enquando sinto e quando faço movimentos rápidos fico tonta.
    Não sangrei, não estou com os seios doloridos e nem nada.
    É possível eu estar grávida?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up