dezembro 17, 2017

Vitaminas para os espermatozoides

casal comemora o positivo de gravidez

Uma alimentação saudável é benéfica para todo o corpo e pode ajudar na prevenção e tratamento de doenças. Por isso, com os espermatozoides não é diferente, eles também podem ganhar qualidade graças a um equilíbrio nutricional proporcionado pelas vitaminas.

Atualmente 40% dos fatores de infertilidade do casal estão ligados a causas masculinas. Esta proporção é igual aos fatores femininos, que também representam 40% das causas de infertilidade. Os 20% restantes, se devem a causas mistas ou desconhecidas pela ciência atual.

A maioria dos casos de infertilidade masculina estão ligados a alterações de na qualidade e mobilidade dos espermatozoides. Por isso, o exame básico para a avaliação da fertilidade do homem é o espermograma, que avalia a quantidade, morfologia e mobilidade dos nadadores.

Quando são detectadas alterações no espermograma, isto não significa que o homem perdeu sua fertilidade completamente. Algumas alterações da fertilidade masculina podem ser solucionadas com mudanças em determinados hábitos alimentares e estilos de vida.

Esta boa notícia foi dada através de uma pesquisa publicada na renomada revista científica Revista Científica Fertility and Sterility. Os resultados do estudo constataram que a mudança de hábito foi capaz de melhorar aspectos quantitativos e de mobilidade dos espermatozoides e inclusive conseguiu reduzir o nível de fragmentação do DNA espermático.

Segundo dados da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, 83% homens inférteis declararam consumir menos frutas e verduras em comparação com os homens férteis consultados em uma pesquisa realizada por esta instituição.

Para ter a saúde ao seu favor, os homens que querem manter sua fertilidade ou ainda, aumentar as chances de sucesso do tratamento de reprodução humana, devem incluir em sua dieta as seguintes vitaminas:

  •  Ácido fólico: a deficiência de ácido fólico afeta a capacidade de movimentação do espermatozoide. O consumo de suplemento de ácido fólico é amplamente recomendado para gestantes, inclusive durante as tentativas de gravidez. Porém, fala-se pouco sobre a importância comprovada deste nutriente para a fertilidade masculina.
  • Zinco: este mineral é fundamental para a saúde do aparelho reprodutor masculino. Está ligado ao desenvolvimento do órgão sexual e também se relaciona com a mobilidade do espermatozoide.
  • Vitamina C: um antioxidante natural que facilita a desintoxicação de alguns minerais pesados, influí na qualidade e quantidade de espermatozoides, além de conter propriedades que ajudam a fortalecer a imunidade e reduzir o estresse, que muitas vezes afetam a ereção.
  • Selênio: este nutriente encontrado em abundância na castanha do Pará e frutos secos em geral, ajuda no equilíbrio da testosterona, além de apresentar benefícios para a quantidade e mobilidade dos espermatozoides.
  • Vitamina E: Assim como o selênio, a vitamina E encontrada nas castanhas tem um papel importante na produção dos hormônios sexuais masculinos. Sua capacidade antioxidante também combate os radicais livres para prevenir uma possível influência negativa na mobilidade dos espermatozoides e qualidade do esperma.
  • Vitamina A: A deficiência da vitamina A pode debilitar as células do aparelho reprodutor masculino, provocando o envelhecimento prematuro dos espermatozoides. Esta vitamina também contribui na formação dos esteroides, que são a base dos hormônios sexuais.

Além de cuidar da alimentação, consumindo os nutrientes necessários para o equilíbrio nutricional, também é importante não estar muito acima do peso. A obesidade afeta a libido masculina e também a qualidade dos espermatozoides.

Nutricionista para um tratamento multidisciplinar da infertilidade

O papel do nutricionista pode ser muito importante em determinados casos de infertilidade. Por isso, e para ter certeza que sua alimentação está adequada para as suas necessidades, consulte um nutricionista.

Solicite a sua primeira consulta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up