novembro 11, 2015

Engravidar após Histerossalpingografia

Para que serve a histerossalpingografia?

Comitê Editorial IVI Salvador

A Histerossalpingografia é um exame Raio X da cavidade uterina que permite ao especialista avaliar o colo do útero e tubas para diagnosticar eventuais aderências, obstruções ou malformações, como o útero bicorno, por exemplo. No entanto algumas pessoas acreditam que este exame é um tratamento para a infertilidade. Sabe por quê?

Para realizar a histerossalpingografia é injetado na cavidade uterina um líquido utilizado para dar o contraste necessário para obter os resultados do exame. Este líquido algumas vezes acaba “limpando” certas obstruções leves, razão pela qual existem casos de mulheres que conseguem engravidar naturalmente após a realização, porém este exame é realizado para obter um diagnóstico e não é um tratamento.

Quando realizar a histerossalpingografia?

Ao avaliar a fertilidade da mulher a saúde dos óvulos e o estado dos órgãos reprodutores são os dois pontos mais importantes. Existem casos onde o especialista em reprodução humana identifica que a mulher tem uma boa reserva ovariana, porém não consegue engravidar. Neste caso, além de estar investigando paralelamente fatores masculinos, cabe investigar se existe algo que está impedindo o encontro entre o óvulo e o espermatozoide. Cerca de 25% dos casos de infertilidade feminina estão relacionados à Trompa de falópio, por isso histerossalpingografia é importante quando existe a suspeita de obstruções.

O que causa obstruções nas Trompas de Falópio?

Entre as causas das obstruções, existem aquelas ligadas a cirurgias realizadas anteriormente, causadas por doença inflamatória pélvica, ou também por endometriose.

Cirurgias anteriores: cirurgias pélvicas anteriores podem ter como consequência aderências que impedem a passagem dos óvulos e espermatozoides.

Doença inflamatória Pélvica (EIP): entre outras causas, pode ser resultado do avanço de doenças sexualmente transmissíveis como a Clamídia e a Gonorreia, que quando não são tratadas a tempo podem causar inflamações pélvicas.

Endometriose: A evolução da endometriose, doença caracterizada pela presença do tecido endometrial (da parte interna do útero) fora da sua localização, que é dentro do útero. Em estágios mais avançados os tecidos podem causar obstruções.

Você já fez histerossalpingografia? Conte como foi sua experiência!

Solicite a sua primeira consulta:

7 Comentários

  • Leticia says:

    Vou partilhar com vocês pois me surpreendi! Em 2009 fiz uma histero que doeu muito, mas muito mesmo! Na épocà para injetar o contraste tinha que segurar o colo do útero e injetar com uma seringa! Sofri horrores de cólica durante e depois! Hj repeti o exame por orientação médica e praricamente te não sento nada!! Fiz o preparo com um antiinflama tório 1h e meia antes, como recomendou o médico! O que me ajudou muito e hoje o contraste é colocado com o auxílio de uma sonda!!! Foi muito tranquilo!

  • CINTIA SUELI WESCHENFELDER says:

    Fiz o exame hoje. Foi super tranquilo. Quisera eu nao ter olhado tanta coisa online antes dizendo que dói…nossa ..sedação?! Não tem necessidade alguma! Se vc j fez o pre câncer..é isso ai..mesma coisa..porém mais demorado…uns 10 minutos..20 com a preparação talvez…. Pensa no ore câncer com uns 3 a 4 shots de dor…dores rápidas..cada dor de uns 10 seg ou menos..como uma fisgada forte e certeira de uma cólica. Pronto. Terminou… Vou buscar mais lugares p falar..pois nossa fui super assustada p fazer… Mas ninguém morre viu!
    O pior p mim esta sendo agora..umas 6 hrs apos..estou com dores internas..nas laterais, creio que bem no ovário mesmo..mas nada de exagero! Gente, bom exame p quem for fazer, e desopilem um pouco, não é o fim do mundo ..

  • Andriele says:

    Antes de fazer o exame li muito sobre, e só vi relatos de pessoas falando que era dolorido que era o exame mais chato para fazer… Acho que varia de mulher para mulher. Eu fiz o exame super nervosa achando que ia doer horrooores. E acabo que não sentindo quasse nada. Uma cólica muito leve quando passa o líquido, mas muito leve mesmo. Super recomendo parA quem está tentando ter seu sonho realizado do seu pequeno. Pois é um dos melhores exames.
    Com certeza se fosse preciso faria novamente. 1,2,3,4 vezes se fosse preciso. Super tranquilo.
    Fica meu relato.

    Beijinhos 😘

  • Gizele Souza Zacarias says:

    Fiz a Hist dia 11/12, fui muito receosa fazer este exame, por relatos que vi na internet dizendo que saiu da sala sem poder andar de tanta dor, dizendo que se lavou de tanto sangue.. Porem em mim nao senti absolutamente nada foi muito rápido e quando ja tinha terminado senti uma leve fisgada nada comparado a uma cólica, e nao tive nenhum sangramento. Pós exame tambem nao senti nada..
    Nao acreditem em relatos negativos, nem sempre é verdade.

  • DAYANA NUNES SANTOS GOMES says:

    Acabei de fazer o exame e fui muito nervosa por causa de relatos de amigas que fizeram e não gostaram. Mas graças a Deus o meu foi muito tranquilo, uma cólica somente no momento do exame e não estou sentindo nada após o exame. Estou muito esperançosa, pois espero ser mãe a 18 anos e não consigo. Recomendo o exame principalmente para aquelas que estão buscando o mesmo que eu. Bjsssss

  • Álida says:

    Eu realizei o exame dia 25/03/21. A médica que me atendeu foi muito atenciosa e eu acabei ficando tranquila na hora do procedimento. É um exame desconfortável, mas é suportável. Demora meia hora para realizar o procedimento. Antes de fazer li muito sobre esse exame é fiquei apavorada, tanto que marquei e desmarquei três vezes de medo! Se a gente fizer o preparatório do exame tudo certinho não tem erro e outra, acho que o segredo é o médico injetar o contraste aos poucos, evitando cólica forte! Graças a Deus meu exame deu positivo, minhas trompas estão ótimas. Agora é aguardar a hora de Deus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up