março 30, 2016

6 Perguntas sobre a gravidez

imagem de gestante e texto: 6 perguntas sobre a gravidez

Muitas perguntas sobre a gravidez surgem com a confirmação da gestação, aqui respondemos algumas das principais. Este processo mágico desperta com o atraso da menstruação e outros sintomas que nem sempre acontecem para todas mulheres da mesma forma, mas que normalmente são enjoo, aumento do volume mamário, vômitos, cólicas abdominais, tontura e cansaço. A gravidez tem momentos incríveis e outros nem tanto, mas sempre vale a pena.

Apesar do primeiro teste de gravidez ser normalmente o de farmácia, será o BhCG – realizado a partir de uma amostra de sangue – que dará o resultado mais confiável sobre a gestação. O BhCG identifica o hormônio com o mesmo nome no sangue e seu resultado pode inclusive dar ao médico a referência sobre o tempo de gestação. Este resultado marca um antes e um depois na sua vida e não há quem se esqueça dele, pois é como um bombardeio de alegria, preocupação e outros sentimentos que são novos, principalmente para as mães de primeira viagem.

Se depois de ler o post você tiver alguma outra pergunta, mande para a gente! Será um prazer responder tudo que você quiser saber sobre a gravidez!

  1. Como funciona o pré-natal?

 

O Pré-natal é o acompanhamento que toda gestante deve fazer desde o momento da confirmação da gravidez até o nascimento do bebê. Durante o período, será realizada uma sequência de consultas médicas e exames que podem variar de gestante para gestante de acordo com a necessidade de cada gravidez, porém existem um mínimo de ultrassonografias recomendadas. A ultrassonografia de gravidez é uma ferramenta essencial para acompanhar o desenvolvimento do bebê e a saúde da gestante.

 

  1. Principais mudanças no corpo durante a gravidez

 

Acontecem muitas mudanças no corpo da mulher durante a gravidez na medida em que o bebê vai ocupando mais espaço no ventre materno. Alguma delas são o aumento de peso, perda da curvatura da cintura, inchaço, aumento do tamanho das mamas e aumento da curvatura lombar denominada lordose. Também podem acontecer alterações de pele, como aumento da pigmentação, podendo resultar em manchas no rosto (melasma) e escurecimento da linha alba, que vai desde o púbis até o limite superior do abdômen, passando pelo umbigo. Estas manchas não poderão ser tratadas durante a gravidez, portanto para evita-las ou minimizar seu aumento o protetor solar será um grande aliado.

 

  1. Até que ponto o inchaço na gravidez é normal?

 

Um leve inchaço, principalmente no final da gravidez é normal. O inchaço acontece por conta do aumento do hormônio Progesterona, essencial para gravidez. No entanto, se o inchaço for de moderado a grave é preciso consultar o obstetra para evitar o risco de doenças associadas, especialmente as Síndromes Hipertensivas na gestação.

  1. Quantas ultrassonografias devo fazer durante a gravidez?

 

Os exames de ultrassonografia mais importantes são o morfológico de primeiro e de segundo trimestre e também a terceira ultrassonografia na semana 32-34. O primeiro deve ser feito entre 11 e 14 semanas e o segundo preferencialmente entre 20 e 24 semanas. Veja em detalhes o que identifica cada ultrassonografia no post que escrevemos sobre Ultrassonografia da gravidez. A partir dos resultados de cada ultrassom, o obstetra pode solicitar outros exames complementares para fazer um acompanhamento detalhado de eventuais alterações que sejam identificadas.

 

  1. Quanto tempo dura a gestação?

Apesar de popularmente serem contados nove meses, as gestantes quando fazem seu acompanhamento de gravidez terão que acostumar a falar em termos de semanas. O limite de gravidez considerado pela maioria dos obstetras e hospitais é de 41 semanas de gravidez, sendo que a partir da semana 38 o bebê já pode nascer.

 

  1. Que exame identifica o risco de doenças genéticas como a Síndrome de Down?

 

Existem vários exames que podem detectar a Síndrome de Down e outras alterações cromossômicas durante a gravidez. Os mais conhecidos são a Translucência Nucal, Amniocentese e biopsia corial, apesar dos dois últimos exames representar um pequeno risco de aborto. Também existe mais recentemente o teste NACE, que é um exame pré-natal não invasivo que detecta a partir da 10ª semana de gestação a Síndrome de Down, Síndrome de Edwards e Patau com muita fiabilidade e sem riscos para mãe e bebê.

 

Você tem alguma dúvida sobre a gravidez? Pergunte e comente, respondemos tudo por aqui!

Solicite a sua primeira consulta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up