Solicite mais informações

Gravidez após o câncer

câncer

As clínicas do grupo IVI  em todo o mundo dão prioridade de atendimento aos pacientes que desejam preservar a fertilidade antes de iniciar o tratamento de quimioterapia ou radioterapia para combater o câncer. Pessoas que receberam o diagnóstico do câncer e pretendem ter filhos no futuro, precisam discutir com seu oncologista a possibilidade e tempo disponível para congelar seus gametas (óvulos e espermatozoides) para prevenir o risco de não contar com suas células reprodutoras após o tratamento de quimioterapia ou radioterapia.

Muitos ainda não sabem, mas existem grandes chances de cura do câncer quando o mesmo é detectado precocemente. Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer), 80% dos pacientes poderão recuperar sua vida normal após tratamento. Uma realidade otimista que dá esperança aos pacientes.

É difícil pensar no futuro ao receber o diagnóstico do câncer, por isso é importante que exista uma conscientização geral da família e médicos que acompanham o caso, que possam ajudar o paciente a cuidar para que a qualidade de vida após superar o câncer seja plena, o que inclui poder ter filhos, caso este seja um sonho que ainda não foi realizado, ou se estava no plano de futuro aumentar a família.

Pensando nisso o grupo IVI em todas as suas unidades oferece prioridade de atendimento a estes pacientes que normalmente dispõe de pouco tempo para realizar a preservação de seus gametas (óvulos ou espermatozoides).

Caso não seja realizada a preservação da fertilidade e a pessoa após superar o câncer não consiga engravidar naturalmente, a solução normalmente é realizar um tratamento de Fertilização in Vitro utilizando gametas doados, ou seja, sêmen doado no caso do homem e óvulos doados no caso da mulher.

“É preciso democratizar a informação sobre a relação da quimioterapia e radioterapia com a fertilidade futura e contar com o apoio dos oncologistas na orientação de seus pacientes homens e mulheres sobre a gravidez após o câncer”.

O programa de Oncofertilidade existe no grupo IVI desde 2007 e no Brasil existe desde 2013. Através deste programa os pacientes são atendidos rapidamente nas clínicas do IVI e tem melhores condições econômicas de acesso, um acesso que muitas vezes é facilitado também pela cobertura médica que eventualmente tenha o paciente.

As pessoas interessadas devem discutir com seus oncologistas antes de iniciar o tratamento sobre os riscos de perder a fertilidade e o tempo disponível de realizar o congelamento de óvulos ou de sêmen. A partir da indicação do oncologista, os pacientes devem entrar em contato com a clínica IVI e dizer que se trata de um congelamento por razão oncológica, para que o atendimento seja encaixado com máxima prioridade seguindo o protocolo especial  estabelecido pelo grupo para estas situações.

Consulte os tratamentos de preservação da fertilidade feminina por motivos oncológicos, que são processos que exigem mais tempo, diferente do congelamento de sêmen, que pode ser feito em um dia, sendo o tratamento recomendado para homens manterem suas chances de ter filhos após superar o câncer.

Compartilhar Facebook Twitter Google +