janeiro 13, 2016

Gravidez após os 35

casal onde a mulher grávida tem mais de 35 anos observam ultrassonografia de gravidez

A gravidez após os 35 anos é cada dia mais comum e há quem considere esta a melhor idade para engravidar, pois costuma ser o período de equilíbrio entre juventude, maturidade e certa estabilidade financeira. Também tem sido após os 30 anos que as pessoas encontram a pessoa especial com quem fazem planos de ter filhos.

A evidente boa forma das mulheres hoje em dia, proporcionada por uma maior preocupação com a saúde, faz com que os casos de gravidez após os 35 pareçam a melhor decisão e que a gravidez após os 40 não soe como nenhuma loucura. No entanto, principalmente para o segundo caso, o risco de não engravidar é muito maior que a chance de conseguir a gravidez.

comparativa de chances de gravidez da mulher aos 30 (20%) e aos 40 (5%)

Fertilidade da mulher ao longo da vida

A formação da reserva ovariana da menina acontece enquanto ela ainda está no útero da sua mãe. Este bebê antes de nascer já tem seu estoque de óvulos para sua vida inteira. A reserva gira em torno a um milhão, porém ao chegar na puberdade ao redor de 300.000 óvulos já foram perdidos.

Apesar de parecer que este número de óvulos ainda é uma quantidade mais que suficiente, somente uma pequena quantidade dos óvulos serão liberados em forma de ovulação. Concretamente ao redor de 400 óvulos terão a chance de serem fecundados pelo espermatozoide, pois a maior parte dos óvulos, não chega a amadurecer e é absorvido pelo corpo. Eles começam seu desenvolvimento dentro dos folículos, que são as capsulas que o guardam, até que em um determinado momento um dos óvulos é liberado por um folículo e os restantes minguam.

Na orquestra da ovulação quem comanda são os hormônios, por isso o sistema endócrino está totalmente relacionado com a fertilidade. A glândula pituitária, também conhecida como hipófise é a que libera entre vários hormônios, o FSH (Hormônio Folículo Estimulante), que dará a ordem para o desenvolvimento dos folículos até um o momento em que apenas um dos folículos libera um óvulo, enquanto os restantes irão desaparecer.

Entre as fases do ciclo menstrual, a última, que acontece após a ovulação pode terminar de duas formas:

Óvulo é fecundado e viaja em direção ao útero para a implantação, quando são formadas as conexões para que o embrião possa desenvolver-se e confirmar a gravidez.

Óvulo não é fecundado e a parede interna do útero (endométrio) descama em forma de menstruação.

 

Existem riscos de engravidar aos 35 anos?

A gravidez aos 35 anos, apesar de ser a idade limite entre o que é considerado uma gravidez tardia e, portanto gravidez de risco, normalmente transcorre bem. Porém, como a idade não é o único fator para a infertilidade, mulheres e homens nesta faixa etária e inclusive mais jovens podem enfrentar dificuldades para engravidar.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 15% da população em idade fértil não consegue engravidar após um ano de tentativas frequentes sem uso de métodos anticonceptivos, que é a característica que define a infertilidade.

O planejamento da gravidez após os 35 anos é importante para minimizar riscos. Por isso, recomendamos às futuras mães passarem por uma revisão geral e começarem a tomar complemento de ácido fólico três meses antes de engravidar, para ajudar no correto desenvolvimento da medula espinal do bebê.

As chances de gravidez aos 30 anos estão em torno a 20%, após os 35 são de aproximadamente 15%, e vão diminuindo de forma mais acelerada a partir desta idade para após os 40, serem reduzidas a 5%.

Infográfico: 1 de cada 3 mulheres a partir dos 35 não engravida após um ano de tentativas

Quanto tempo esperar para procurar um especialista em fertilidade?

Após os 35 anos é recomendável fazer uma avaliação da fertilidade depois de seis meses de tentativas porque a partir dessa idade o tempo será um fator definitivo principalmente se houver um caso de baixa reserva ovariana. A consulta com um especialista também pode aliviar a pressão e ser a oportunidade para obter respostas para dúvidas sobre a fertilidade que você tenha.

Lista de tarefas para engravidar:

– Não fumar (fumar reduz a fertilidade e acelera a chegada da menopausa)

– Estar dentro do peso ideal (estar abaixo ou acima do peso prejudica a fertilidade)

– Manter uma vida ativa (evite o sedentarismo)

– Faça uma revisão geral da sua saúde (atenção para hipertensão e diabetes)

– O casal deve estar implicado, as tarefas acima são para os dois!

– Planeje a gravidez com antecedência para começar a tomar o ácido fólico 3 meses antes de engravidar

– Se tiver que adiar a gravidez para uma idade próxima dos 40 avalie a possibilidade de congelar óvulos.

Ficou com alguma dúvida ou gostaria de comentar? Escreva para a gente!

Solicite a sua primeira consulta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up