março 21, 2017

Teste de receptividade endometrial com nova tecnologia

Um dos apoios importantes para o tratamento de Fertilização in vitro é o estudo de receptividade endometrial (ERA), que identifica o momento em que o útero da futura mãe está pronto para receber o embrião e ajudar na sua implantação. O teste ERA que foi premiado durante a edição de 2016 de um dos congressos de medicina reprodutiva mais importante do mundo (ASRM) e este ano atualizou sua tecnologia atingindo níveis de precisão ainda maiores.

O teste ERA, que inicialmente foi indicado apenas para casos de falhas anteriores nos tratamentos de reprodução humana, provou sua eficácia também como um teste padrão antes do tratamento de fertilidade, necessário para evitar que cerca de 1 de cada 4 pacientes não consigam engravidar por um fator que pode ser facilmente solucionado quando identificado antes.

A nova tecnologia adotada pelo ERA leva o nome de sequenciamento de nova geração – NGS pelas siglas em inglês de Next Generation Sequencing. Uma técnica genética que revolucionou a eficácia, reduziu os preços de vários testes genéticos e aumentou a precisão do diagnóstico. Hoje em dia a técnica NGS é utilizada no diagnóstico genético pré-implantacional (PGD), no estudo cromossômico dos embriões (PGS), no teste de compatibilidade genética (CGT) e também no estudo genético de causas do aborto (POC).

Resultado não receptivo no teste ERA significa que eu sou menos fértil?

Não. O resultado do teste ERA não identifica o nível de fertilidade, mas sim detecta as particularidades do corpo da mulher com relação ao melhor momento do seu corpo para receber o embrião. A receptividade endometrial estudada através do teste ERA irá determinar a janela de implantação da mulher com base na leitura de 236 genes.

O resultado do teste ERA pode ser receptivo, o que confirmaria uma janela de implantação dentro do padrão, ou se pelo contrário, o endométrio não está receptivo no momento de realização do teste. Quando o resultado é não receptivo, o laudo do estudo irá indicar um estado de pré-receptivo ou pós-receptivo, oferecendo orientações para o especialista ajustar o tratamento e repetir o teste depois dos ajustes para confirmar o momento exato da receptividade. Esta informação é fundamental para o sucesso da Fertilização in Vitro, pois caso o embrião seja transferido ao útero fora do momento ideal da paciente, a gravidez não acontece.

O que é o endométrio?

Talvez o endométrio seja mais conhecido entre as portadoras de endometriose, pois esta doença que se caracteriza pela presença do endométrio fora do seu local, que é revestindo a parede interna do útero. Porém este tecido é pouco conhecido de forma geral, apesar de sua extrema relevância e influencia na vida das mulheres.

O endométrio é um tecido altamente influenciado pela oscilação hormonal da mulher e a cada ciclo feminino é liberado em forma de menstruação. Ou seja, quando você menstrua o sangue da menstruação é o endométrio que descama do útero.

Para que a gravidez aconteça o endométrio tem um papel fundamental, que é receber e ajudar o embrião a fixar-se no útero e desenvolver-se. O embrião se fixa justamente no endométrio e por isso, caso este tecido não esteja preparado, o embrião não terá forças para dar continuidade no seu desenvolvimento sozinho.

Solicite a sua primeira consulta:

4 Comentários

  • Soraia Oliveira de Brito Cerqueira says:

    Boa noite! Então quem tem endometriose não pode engravidar? ??

    • Blog.BR says:

      Boa noite Soraia,
      Quem tem endometriose pode engravidar, no entanto dependendo de onde estão os focos da endometriose as chances são menores. Nestes casos é muito importante fazer uma acompanhamento da fertilidade e não adiar muito a gravidez.

  • Lore says:

    Tenho endometriose. Sendo assim gostaria de saber em que partes esses focos prejudicariam numa possível gravidez. ?

    • Blog.BR says:

      Boa tarde Lore,
      Depende muito onde estão os focos e que tamanho são. Por isso é muito importante que você tenha um acompanhamento de um especialista que possa te orientar baseado no seu caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up