março 26, 2015

Fertilização in vitro passo-a-passo

Fertilização in vitro

Para tomar a decisão de seguir em frente com o sonho de ser mãe através de um tratamento de fertilidade é preciso saber em detalhes qual tratamento é recomendado para seu caso e como ele funciona passo-a-passo. Aqui queremos deixar cada detalhe claro para você sobre a Fertilização in Vitro um dos tratamentos mais realizados em reprodução humana.

Primeiro Passo: Consulta

Muitas pessoas com dificuldade de engravidar procuram informação sobre o preço dos tratamentos de fertilidade antes mesmo de saber se precisará de um. A razão para a dificuldade de engravidar pode estar em uma disfunção leve que, ao ser solucionada permite uma gravidez espontânea sem a necessidade de um tratamento como a Fertilização In Vitro.

Em primeiro lugar é preciso saber por que a gravidez ainda não chegou.

Cada paciente é um mundo e no IVI procuramos conhecer este mundo para oferecer uma solução apropriada. Examinamos os pacientes, os seus antecedentes familiares, índice de massa corporal, reserva ovariana, etc.

Uma série de exames serão solicitados ao casal, que normalmente por conta do tempo entre marcar, realizar e obter os resultados, acaba levando 1 mês para retornar ao consultório do especialista e ter a confirmação definitiva para estabelecer o tratamento individualizado ao seu caso.

Inicio do tratamento de Fertilização in Vitro

Ao concluir o primeiro passo de consulta e avaliação do casal, se a indicação é um tratamento de Fertilização in Vitro, o processo é:

1 – Estimulação ovariana (10 a 12 dias)

Este procedimento é realizado para aumentar as chances gravidez, já que de forma natural a mulher normalmente produz um óvulo por ciclo menstrual.  A estimulação ovariana, como o nome já diz, trata de estimular os ovários a produzir mais óvulos para consequentemente obter um maior número de embriões.

Durante o período são realizadas ultrassonografias (3 ou 4) e também verificados os níveis de estradiol no sangue para comprovar que o crescimento e a evolução dos folículos estão dentro dos parâmetros normais.

2 – Punção em laboratório (2 a 6 dias)

Punção folicular

Quando comprovado por meio de ultrassonografia que os folículos alcançaram o tamanho adequado e quantidade aceitável de óvulos, programamos a punção folicular aproximadamente 36 horas depois da administração de uma injeção de hCG que induz o amadurecimento do óvulo. A punção é realizada em ambulatório com anestesia para evitar qualquer desconforto durante o procedimento que dura cerca de 15 minutos.

Fecundação de óvulos

Uma vez obtidos os óvulos após a punção folicular e, pela parte do homem os espermatozoides, é realizada a fecundação dos óvulos em laboratório. Este processo pode ser realizado pela técnica de FIV convencional, que consiste na colocação de um óvulo rodeado de espermatozoides numa placa de cultivo, ou pela técnica de ICSI que consiste em introduzir um único espermatozoide vivo dentro do óvulo.

Cultivo embrionário no laboratório

Os embriões resultantes da fecundação dos óvulos são observados no laboratório dia após dia e são classificados conforme sua morfologia e capacidade de divisão. Alguns embriões podem ter um desenvolvimento anormal e serão considerados como não viáveis.

3 – Transferência embrionária (10 a 15 dias)

Consiste na introdução dos melhores embriões dentro do útero materno. O procedimento é feito em ambulatório através de um processo rápido e indolor que não requer sedação.

Após a transferência o tratamento foi concluído. Começa então a betaespera, ou seja, o período onde daremos o tempo para o embrião se instalar no útero e a gravidez ser confirmada.

4 – Beta

Teste de gravidez (7 a 10 dias)

Se o teste for positivo, a paciente deverá realizar uma ultrassonografia vaginal uma semana depois para visualizar o saco gestacional e repetir análise de sangue.

5 – Ultrassonografia

O primeiro ultrassom da gravidez! Com certeza este momento será inesquecível!

Solicite a sua primeira consulta:

16 Comentários

  • helena fernandes silva andrade says:

    Muito bom é meu sonho fazer esse tratamento quero saber quanto custa?

  • renato amorim says:

    Escrevo este relato pois acho que poderá, em alguma ocasião auxiliar a alguém que esteja confuso ou ansioso, como um dia eu e minha esposa estivemos.

    Logo no início, quando pensamos em ter um filho, a primeira coisa que fizemos foi um grande check-up. O ginecologista de minha esposa detectou uma variação sensível em seu hormônio FSH. Diretamente, nos indicou 3 clínicas de especialistas em reprodução assistida, entre elas a IBBRA – Instituto Brasileiro de Reprodução Assistida-IBRRA.

    Lá questionamos se o fato da alteração hormonal poderia ter se dado pelo fato de minha esposa ter retirado um dos ovários quando tinha 20 anos, por conta de um cisto. O dr. Bruno Augusto Brun Scheffer nos disse que era sem chances, pois o ovário que ficou assumiria plenamente as funções do outro.

    O dr. Bruno Augusto Brun Scheffer ainda nos mostrou, através de estatísticas e porcentagem que a probabilidade de engravidarmos naturalmente era basicamente nula…

    Durante a consulta ouvimos muitas piadas sobre o nosso estado de ansiedade, principalmente sobre o meu. Após todas as perguntas que eu fazia, relacionadas ao processo / procedimentos sugeridos por ele (FIV), ele me perguntava: você é ansioso? Era óbvio, que naquela situação, estávamos preocupados e ansiosos.

    Logo que finalizou esta primeira consulta, imediatamente sugeriu que aguardassemos na sala ao lado onde a gerente financeira já iniciou suas explicações sobre custos, parcelamentos, etc, etc. Achamos tudo: money, money, money! Como diz o próprio dr. Bruno Scheffer.

    Desta forma, para “confirmar” a infertilidade, ele solicitou um exame de Hormônio Anti-Mülleriano. Segundo ele, era 99,9% de chance de dar um valor baixo, o que sugeriria irmos diretamente, e com pressa, para um tratamento FIV (Fertilização in Vitro).

    Fato é que o resultado do exame foi regular. Por telefone, para minha esposa, ele não mudou em nada sua postura, sugeriu mantermos o mesmo planejamento de realizar uma FIV, uma vez que a mulher nasce com um determinado número de óvulos e que estaríamos “correndo contra o tempo”.

    Pensamos, ora, se minha esposa tem 32 anos. Cada ano 12 meses, já são, portanto 384 meses de vida… Decidimos, portanto, nos dar o prazo de pelo menos 3 meses para engravidar naturalmente.

    Para nossa surpresa, fomos abençoados e conseguirmos engravidar naturalmente na primeira tentativa.

    Fato é que ficou aquele desconforto com relação à clínica e à maneira com que o dr. Bruno conduziu o processo. Imagino que se não fossemos abençoados no primeiro mês, e talvez no quarto… tivéssemos tomado alguma atitude precipitada ou deixaríamos de acreditar na possibilidade de uma fecundação natural.

    Acredito que cada um deva avaliar os riscos envolvidos em seu caso, porém, pensar em paz, sem pressão e dar tempo ao tempo.

    Renato Amorim.

    • Luciana Barbosa says:

      Obrigada por seu depoimento Renato, e parabéns pelo seu milagre! não há melhor sentimento para um casal que realizar o sonho de ter filhos.

  • Renata Maria de Lima says:

    Olá boa noite,me chamo renata tive 2 gravidez ectopica em menos de 1 ano ,estou recém operada da minha segunda gravides ,eu e meu esposo temos o sonho de termos um filho ,gostaria de saber qual tratamento tenho que fazer ,moro em Belém do Pará.

    • Blog.BR says:

      Bom dia Renata, é importante que vocês tenham o acompanhamento de um especialista que investigue as causas da gravidez ectópica antes de planejar uma nova gravidez. Não temos indicação de especialistas em Belém, pois estamos em Salvador.

  • Jose silva says:

    E para quem ja fez vazectomia como é feito ou vcs tbm fazem?

    • Blog.BR says:

      Olá José,
      Sim, quem fez vasectomia terá antes da Fertilização in Vitro, um estágio de punção para retirar espermatozoides diretamente dos testículos.

  • Roberta says:

    Ola me chamo Roberta teve dois filhos e fez uma operação pra retira as trompas e agora quero ter mas um posso volta a engravida com esse tratamento????

    • Blog.BR says:

      Olá Roberta,
      A fertilização in vitro é a indicada para o seu caso. Para conhecer suas chances é preciso consultar um especialista para uma avaliação personalizada do seu caso.

  • jessika says:

    Preciso de informação sobre essa pesquisa e meu sonho quem poder me ajudar?

    • Blog.BR says:

      Essa não é uma pesquisa, mas sim um tratamento. Consulte um especialista em reprodução humana para que ele possa te ajudar a realizar o seu sonho.

  • Tenho 46 anos, tenho dois filhos, fiz laqueadura a 13 anos, agora estou em um novo casamento e gostaria de saber quais as possibilidades de eu engravidar com esse tratamento? says:

    Queria saber também valores.
    Moro em Gravataí/RS

  • Edivone Pimenta says:

    Ala meu nome e edivone aos 19 anos eu fui ligada para não ter mais filhos tenho 37 anos hoje meu esposo faleceu e hoje sou casada novamente sonhamos em ter outros filhos de preferência gemios o que devo fazer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up