agosto 6, 2020

A infertilidade do homem e o sonho de ser pai

Comitê Editorial IVI Salvador

Um dos maiores sonhos da vida de grande parte dos casais é ter filhos. E quando depois de um ano de tentativas sem uso de métodos contraceptivos, a gravidez não vem, é hora de identificar o que está causando a infertilidade do casal. Muitas vezes acontece a infertilidade do homem.

E nesse mês de agosto, quando se celebra o Dia dos Pais, nada melhor do que mostrar que o assunto já não é mais aquele tabu de décadas atrás. Atualmente, a infertilidade do homem pode ser tratada aumentando as chances de gravidez.

Ser pai é muito mais do que apenas gerar. É um misto de sensações que traz plenitude à vida. Saber que os laços são eternos, que um ser humano passa a depender e precisar de sua dedicação, atenção, amor, educação. Um pai de verdade ama e guia seu filho por toda a vida!

Estudando a infertilidade do homem

Muita gente acha que a infertilidade sempre é da mulher, mas em boa parte dos casos, já está comprovado que a infertilidade é masculina. Normalmente, em 30% dos casos, a infertilidade se deve a problemas da mulher, em outros 30% dos casos, há alguma anomalia nos homens. Em 20% dos casos, é pela combinação dos dois. Já nos outros 20% dos casos, mesmo investigando, não se consegue identificar a causa. A infertilidade é sem causa aparente.

Mas para que o sonho seja viável, fica o alerta: o tempo é precioso. Muitos homens não se atentam que o passar dos anos traz consequências também para eles – e não apenas para as mulheres, como antes se pensava. Portanto, quanto antes de identifique a dificuldade da gravidez, mais tranquilo tende a ser o tratamento.

E com o avanço da medicina reprodutiva, mesmo que o quadro de infertilidade seja irreversível, as técnicas para viabilizar a paternidade são inúmeras e oferecem altas taxas de sucesso.

Para acompanhar a fertilidade masculina, os especialistas fazem uma análise com uma amostra de sêmen. São analisadas a quantidade, a atividade e o formato dos espermatozoides. Se o resultado numérico for de 39 milhões ou mais, de espermatozoides na ejaculação, com 32% deles tendo movimento progressivo e ao mesmo 4% com formato considerado normal, as condições para conceber são boas. À medida que os índices reduzem em relação a essas referências, a possibilidade de gravidez vai ficando mais difícil.

O sonho não acabou: banco de sêmen ajuda homens que sofrem com a infertilidade

Quando mesmo investigando e tratando, o homem não conseguir recuperar a sua fertilidade, é possível realizar a fertilização in vitro com a ajuda de um banco de sêmen. Por conta do avanço da medicina reprodutiva, o sonho de ser pai pode continuar, graças à boa ação de outros tantos homens férteis e saudáveis, que doam seus espermatozoides a um banco de sêmen, como o da clínica IVI Salvador. Dessa forma, através de exames e testes que buscam um doador com características físicas semelhantes ao paciente, o casal consegue realizar um tratamento de reprodução assistida utilizando sêmen doado e, assim, alcançar a paternidade.

Preservar a fertilidade para postergar o sonho

Outro dilema enfrentado por muitos homens que querem ser pais é: qual o melhor momento para a geração? Diante de um dia a dia tão corrido, alguns homens que vivem sua melhor fase profissional decidem por adiar o sonho da paternidade para quando estabilizarem financeiramente suas vidas.

O tempo também pode ser inimigo dos homens. A possibilidade de perda de quantidade e qualidade dos espermatozoides é real à medida que os anos vão passando. Por isso, os especialistas recomendam o congelamento de sêmen, principalmente se o homem for diagnosticado com algum câncer e for submetido a quimioterapia ou radioterapia. O tratamento para a doença pode afetar a fertilidade, então, antes de inicia-lo é ideal preservar a fertilidade. O procedimento, que também pode ser realizado na clínica IVI, é muito simples e assegura a qualidade do material para utiliza-lo no momento desejado pelo homem.

As principais causas da infertilidade do homem

São muitas as possíveis causas motivadoras da infertilidade masculina. As principais podem ser alterações no trato genital, que impossibilitam o depósito do sêmen na vagina durante as relações sexuais, problemas de ereção ou alterações na produção de sêmen – podendo haver diminuição tanto da quantidade quanto da qualidade do material.

O que muita gente não imagina é que a infertilidade masculina pode também ser causada por hábitos de vida irregulares ou doenças como obesidade. Ou ainda ser fruto de outras doenças, como a varicocele e as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Na lista estão ainda problemas da tireóide, diabetes ou insuficiência renal e hepática. Fatores genéticos também são causa de infertilidade masculina. Todos podem ser indicadores.

Mas essas são apenas as principais causas da infertilidade masculina. Outros fatores podem contribuir para que o problema se desenvolva, como por exemplo, um câncer de próstata ou varicocele.

A varicocele

Essa doença é a responsável pela maior parte dos casos de infertilidade nos homens. O problema atinge os testículos, dilatando suas veias e formando espécies de varizes. A varicocele atinge em média 15% dos homens.

Mas é importante destacar que nem todos os portadores da doença terão infertilidade. Ao identificar o problema, é recomendado que o paciente procure um urologista para conter o avanço e tratar.

O cuidado com o estilo de vida e a infertilidade do homem

Como foi dito, o estilo de vida pode ser causa determinante. Alimentação muito gordurosa e inadequada, que provoque obesidade, é fator que favorece a possíveis quadros de infertilidade.

O uso de drogas, tabaco, anabolizantes ou ainda um consumo excessivo de álcool prejudica o sistema reprodutor de forma geral. É interessante também analisar o uso por tempo muito prolongado de determinados medicamentos.

Outro fator de risco é viver em situações de estresse muito extremo também. Ou se expor a ambientes tóxicos, como locais com muitos pesticidas ou substâncias do tipo.

Para evitar a infertilidade, o recomendado é ter um estilo de vida saudável. Com alimentação rica em frutas, verduras e cereais; dieta equilibrada, hidratação correta e com prática esportiva que não seja exagerada.

Solicite a sua primeira consulta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up