maio 27, 2014

Menopausa precoce

Normalmente as mulheres começam a sentir mudanças em sua menstruação a partir dos 45 anos, mas esta não é uma idade universal. Existem mulheres que com 40 já estão cara a cara com os primeiros transtornos ocasionados pelo fim da menstruação, deixando de menstruar para sempre e, portanto, abandonando a produção de estrógenos, se isto acontece significa que a mulher está sofrendo uma menopausa precoce.

Não existe uma idade específica para o inicio da menopausa. No entanto, existem dois fatores que podem influenciar para que esta etapa chegue antes. Em primeiro lugar o consumo habitual do cigarro, que poderia adiantar em média 2 anos para o início do climatério. Em segundo lugar a genética, já que a idade que a mãe e irmãs iniciam o processo de menopausa pode indicar a tendência de sua família.

 

Também existe um tipo de menopausa adiantada artificialmente. A menopausa induzida é muito frequente em mulheres que se submeteram a tratamentos contra o câncer. Entre os primeiros sintomas da menopausa e o fim absoluto da menstruação existe um período chamado climatério – que dura anos – e marca a distancia entre a vida reprodutiva feminina e o fim da ovulação.  Se a menopausa precoce é detectada a tempo, a reprodução assistida pode servir de ajuda para conseguir a gravidez.

É possível ser mãe durante a menopausa?

A doação de óvulos é uma opção para quem alcançou a menopausa de forma prematura, inclusive a fertilização in vitro com doação de óvulos é considerada o tratamento mais eficaz para este tipo de casos, já que utilizamos óvulos de doadoras, justo o material biológico que ela não é capaz de produzir.

Com o acompanhamento de um ginecologista é possível conseguir que uma mulher em menopausa com um endométrio receptivo seja capaz de levar a diante uma gravidez gerada a partir de embriões por meio da fertilização in vitro que utiliza óvulos de uma doadora e, com uma terapia hormonal adequada.

No nosso próximo post você conhecerá um projeto social do IVI que apoia o empreendedorismo feminino. Fique [email protected]!

Solicite a sua primeira consulta:

8 Comentários

  • Régia says:

    Li artigos que relatam sobra a Doença celíaca ( doença auto imune) e a infertilidade.
    Já li vários relatos também.
    A Doença celíaca favorece a menopausa precoce, abortamentos sem causa aparente e a infertilidade.
    Vocês acompanham pessoas celíacas que queiram engravidar? Ou já acompanharam pacientes celíacas?
    Obrigada

    • Luciana Barbosa says:

      Olá, obrigada por escrever!
      É verdade, algumas vezes a causa da infertilidade é uma doença auto-imune, neste caso é preciso que um imunologista se una à equipe que acompanha o caso da infertilidade. Algumas clínicas do IVI possuem uma unidade de imunologia dentro da clínica, mas mesmo as que não possuem, sempre irão colaborar com o imunologista da paciente para que ela consiga engravidar.

      • Uuta says:

        Anf4nimo disse:Oi,tenho 34 anos,me3e de dois filhos,10 e 9 anos.na minha sdgenua gravidez tive anemia hemoledtica,o me9dico disse q se eu tivesse outro filho poderia ter novamente essa anemia,por isso sugeriu q eu fizesse laqueadura,eu ne3o estava em condie7f5es de pensar muito,ou decidir naquelas condie7f5es,hj estou separada e encontrei uma pessoa maravilhosa,minha maior frustrae7e3o e9 ne3o poder dar um filho a ele,gostaria de saber se he1 possibilidade de ter um filho a essa altura da vida obrigada!

        • Luciana Barbosa says:

          Bom dia, no seu caso é recomendável agendar uma consulta com um especialista em reprodução humana para uma solução individualizada. Existem tratamentos para a gravidez após a laqueadura e também para o controle da anemia.
          Entre em contato com uma das clínicas IVI em São Paulo ou em Salvador. Veja endereços e contatos no http://www.ivi.net.br

    • Anna says:

      claudineia diz:hola eu fiz 31 sera que eu ainda posso ter um filho je1 que aos 19 anos eu abortei um com 1 senmaa . qe descobri qe estava gravida . mais eu gostaria muito que DEUS me dese uma nova chance me ajuda estarei aguardando uma resposta obrigada

  • Lua Fernandes says:

    Olá. Tenho 46 anos e engravidei uma unica vez aos 25 porém acabei perdendo aos 2 meses de gestação de forma natural. Ao longo desses anos nunca usei nenhum tipo de anticoncepcional e nunca conseguir engravidar outra vez. Entendo que engravidar nessa idade é perigoso, porém tenho uma boa saúde e uma qualidade de vida mito boa. Gostaria de saber se tenho alguma chace de realizar eu sonho de ser mãe?

    • Luciana Barbosa says:

      Olá, O Conselho Federal de Medicina autoriza os tratamentos de reprodução assistida até os 50 anos, portanto você ainda pode tentar. A gravidez após os 35 exige mais cuidados, mas com controle adequado é seguro. As chances de gravidez espontânea são baixas nesta idade, mas o primeiro a fazer é saber a razão que te impediu de engravidar até hoje.
      Procure um especialista em fertilidade o mais rápido possível, pois o tempo é um fator muito importante para a fertilidade da mulher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up