Solicite mais informações

Para que servem as Trompas de Falópio?

BLOG trompas

As Trompas de Falópio são os canais que ligam útero e ovários. As trompas são como um tubo, mas também se comportam como uma rede de pescar, recolhendo o óvulo libertado na ovulação e transportando os espermatozoides até o óvulo e depois, conduzindo o óvulo fertilizado ao útero. São nas Trompas de Falópio que é feita a cirurgia de laqueadura quando a mulher já não deseja engravidar, o que é uma pista sobre sua importância para a gravidez espontânea.

Atualmente 25% das causas da infertilidade feminina estão ligadas às Trompas de Falópio. Lesões e obstruções nesse canal podem impedir a passagem tanto do óvulo quanto do espermatozoide, impossibilitando o encontro dos dois. No entanto, com tratamento de reprodução humana é possível engravidar, mesmo em caso de infertilidade por fator tubário.

Que lesões podem surgir nas Trompas de Falópio?

As lesões ou obstruções nas Trompas de Falópio podem ter origem infecciosa ou por aderências causadas em consequência de cirurgias como as de endometriose, entre outras:
• Origem infecciosa: As doenças sexualmente transmissíveis (DST) podem causar danos permanentes nas Trompas de forma silenciosa, pois muitas vezes não produzem sintomas. As mais frequentes são a Clamídia e a Gonorreia.
• Origem inflamatória ou cirúrgica: cirurgias pélvicas ou enfermidades inflamatórias como a endometriose podem chegar a obstruir as Trompas.

Como detectar obstruções nas Trompas de Falópio?

Existem duas formas de analisar a permeabilidade das Trompas de Falópio.  A primeira é a Histerossalpingografia (HSG), uma radiografia que avalia o estado do colo do útero e das Trompas, realizada através de contraste para detectar obstruções que podem estar impedindo a fecundação natural.

Uma segunda opção, considerada um método complementário à HSG é a laparoscopia, um procedimento que utiliza uma câmera introduzida através do umbigo da paciente para visualizar o trato genital. Para a realização da laparoscopia é preciso fazer uso da anestesia.

O que fazer quando não há permeabilidade nas Trompas de Falópio?

Cada caso deve ser tratado individualmente. No entanto, nos casos onde não é possível superar a obstrução existente nas trompas ou também quando a reversão da laqueadura pode não devolver a fertilidade, a Fertilização in Vitro é a melhor opção de tratamento.

Compartilhar Facebook Twitter Google +