setembro 2, 2015

Para que servem as Trompas de Falópio?

sistema reprodutor, trompas

As Trompas de Falópio são os canais que ligam útero e ovários. As trompas são como um tubo, mas também se comportam como uma rede de pescar, recolhendo o óvulo libertado na ovulação e transportando os espermatozoides até o óvulo e depois, conduzindo o óvulo fertilizado ao útero. São nas Trompas de Falópio que é feita a cirurgia de laqueadura quando a mulher já não deseja engravidar, o que é uma pista sobre sua importância para a gravidez espontânea.

Atualmente 25% das causas da infertilidade feminina estão ligadas às Trompas de Falópio. Lesões e obstruções nesse canal podem impedir a passagem tanto do óvulo quanto do espermatozoide, impossibilitando o encontro dos dois. No entanto, com tratamento de reprodução humana é possível engravidar, mesmo em caso de infertilidade por fator tubário.

Que lesões podem surgir nas Trompas de Falópio?

As lesões ou obstruções nas Trompas de Falópio podem ter origem infecciosa ou por aderências causadas em consequência de cirurgias como as de endometriose, entre outras:
• Origem infecciosa: As doenças sexualmente transmissíveis (DST) podem causar danos permanentes nas Trompas de forma silenciosa, pois muitas vezes não produzem sintomas. As mais frequentes são a Clamídia e a Gonorreia.
• Origem inflamatória ou cirúrgica: cirurgias pélvicas ou enfermidades inflamatórias como a endometriose podem chegar a obstruir as Trompas.

Como detectar obstruções nas Trompas de Falópio?

Existem duas formas de analisar a permeabilidade das Trompas de Falópio.  A primeira é a Histerossalpingografia (HSG), uma radiografia que avalia o estado do colo do útero e das Trompas, realizada através de contraste para detectar obstruções que podem estar impedindo a fecundação natural.

Uma segunda opção, considerada um método complementário à HSG é a laparoscopia, um procedimento que utiliza uma câmera introduzida através do umbigo da paciente para visualizar o trato genital. Para a realização da laparoscopia é preciso fazer uso da anestesia.

O que fazer quando não há permeabilidade nas Trompas de Falópio?

Cada caso deve ser tratado individualmente. No entanto, nos casos onde não é possível superar a obstrução existente nas trompas ou também quando a reversão da laqueadura pode não devolver a fertilidade, a Fertilização in Vitro é a melhor opção de tratamento.

Solicite a sua primeira consulta:

25 Comentários

  • Clemilda paiva pereira says:

    Eu fis uma cerugia de uma gravidez.fora do útero. .e perdi o bb com 5 meses.e perdi um pedaço de uma das minhas trompas eu ainda posso engravida???? Tenho vontade de ter um último bb..

    • Luciana Barbosa says:

      Olá Clemilda,

      Desde que você tenha uma das Trompas com boa permeabilidade é possível engravidar naturalmente. Caso as duas trompas não permitam a passagem do óvulo, ainda assim é possível engravidar, no entanto seria necessário um tratamento de Fertilização in Vitro.
      Consulte seu ginecologista para conhecer o estado das suas Trompas.

      Boa sorte!

  • vanda ivo leite says:

    Estou com 44 anos tive indrometrioze queria muito ser mãe nao tem um ovário isso é possível

    • Blog.BR says:

      Olá Vanda, o fato de ter um ovário não seria um impedimento, no entanto aos 44 anos é urgente que procure a orientação de um especialista para realizar seu sonho de ser mãe, pois as chances de engravidar naturalmente são reduzidas e diminuem rapidamente, especialmente com o agravante da endometriose.
      Estamos à disposição

  • Lanna says:

    Olá,tenho 17 anos e faz 3 meses que minha menstruação não desce,(eu sou virgem) eu tenho anticoncecional a mais de um ano para regular e para cólica menstrual. E no meu último ultrassom pélvico aparecia que minhas trompas,aparentemente estavam fechando e minha médica foi me falar isso segunda agora,e me mandou fazer outra pra ver se tinha fechado. Queria saber se alguém pode me ajudar.
    Obrigada

    • Blog.BR says:

      Olá Lanna,
      Você precisa continuar o acompanhamento ginecológico. Quando conversar com sua médica novamente leve por escrito todas suas dúvidas sobre o que significa o resultado dos exames o que vocês podem fazer para solucionar o problema. Não volte para casa com dúvidas, pois é no consultório onde você terá a oportunidade de falar com um especialista que está com o resultado dos seus exames na mão.
      Caso se sinta mais segura, leve seus exames para outro ginecologista para ouvir uma segunda opinião.
      Boa sorte!

  • keylla says:

    Ola boa tarde tive gravidez ectópica e teve que retirar. Minha trompa. Do lado direito. No lado esquerdo. Tenho. Um cisto será que consigo. Engravidar

    • Blog.BR says:

      Olá Keylla, não pelo fato de ter apenas uma trompa, mas se o cisto na trompa esquerda estiver impedindo a passagem do óvulo você pode ter dificuldades. Marque uma consulta com um especialista em reprodução humana para que ele possa analisar seu caso e te ajudar a engravidar.

  • Gersiane Schultz says:

    Quero saber quando a mulher sente dor na infecção vaginal atingi as trompas de um lado? to perguntando porque a minha prima sente quando ela senta muita dor entao quero saber por gentileza.

    • Blog.BR says:

      Ola Gersiane, as infecções devem ser acompanhadas e tratadas, pois existe a possibilidade de atingir outras regiões. As consequências de não tratar uma infeção podem ser graves e inclusive comprometer a fertilidade.

  • Ana Paula Rosa Damasio says:

    Boa noite meu nome é Ana Paula e não consigo engravidar fui na gineco e ela pediu para mim e meu esposo fazer exames fiz exame do preventivo trasvaginal e exames de sangue eo meu esposo fez espermo grama e deu tudo normal agora ela pediu um histerionografia e gostaria de saber quais os resultados que pode dar e se tem que fazer cirurgia depois meu sonho e ter im folho e chorei muito no consultório obg des de já.

    • Blog.BR says:

      Boa tarde Ana, após a resposta dos resultados com a ginecologista, você ainda pode consultar um especialista em reprodução humana, que terá um conhecimento mais ampliado sobre este assunto e com certeza poderá te ajudar!

  • ANA CAROLINA DA SILVA DIAS says:

    olá,fiz a laqueadura e mim arrependo,tem algo que eu possa fazer para engravidar?

  • Quintino Rui Fernandes says:

    gosto ver de novo nomes que eu já sei mas ver de novo reforça goosto

  • lucineide says:

    tirei minhas trompas tem 5 anos e casei novamente quero muito engravidar sera que e possivel ou nao tem mais jeito.

    • Blog.BR says:

      Olá Lucineide. Consulte um especialista em reprodução humana para uma avaliação personalizada do seu caso. No tratamento de Fertilização in Vitro, é possível engravidar mesmo com a ausência das trompas.

  • jaqueline says:

    Boa tarde eu tive duas gestação nas trompas tive uma em fevereiro e Sutra em agosto recente tem como eu engravidar naturalmente ou preciso fazer tratamento mais eu tenho muita fé no deus poderoso que meu sonho vai sim realizar

    • Blog.BR says:

      Olá Jaqueline, a gravidez nas trompas é algo muito perigoso, você deve ser acompanhada por um médico. Só ele analisando o estado das suas trompas poderá recomendar o tratamento e te liberar para tentar engravidar naturalmente.

  • Elisangela de novaes says:

    Fiz um exame colposcopia no dia 27/9 e desde então sinto mt dor na trompa lado esquerdo a dois dias venho percebendo q esta inchado.. oq pode ser ?

  • Raimunda Tavares de Souza santos says:

    Oi boa tarde tenho mais de 45 anos e já estou entrando na menopausa e fui laqueada com 3 cesária só o premeiro q tive complicações ,,os outros ocorreu tudo certo hoje me arrependo de ter deixado faze laqueadura eu era muito nova sonho ainda de ter mais um bebê mais eu não tenho condições financeiras para fazer o tratamento e pelo SUS demora muito, queria tanto q algum médico me ajudasse ??

  • Lilian Almeida says:

    Ola! Tenho 35 anos, sem filhos e tive duas gestações ectopicas ( uma em cada trompa) e tive que remove-las. É possivel gestar naturalmente? Corro risco de ter uma nova ectopica? Nao sei a causa dessas perdas gestacionais, mas quero muito ser mãe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up