abril 8, 2014

Portadores de HIV podem ter filhos livres da AIDS

portadores de HIV podem ter filhos

Apesar de ainda temida e bastante perigosa, o vírus da AIDS está melhor controlado com o advento das drogas antirretrovirais que, quando combinadas, mostraram-se extremamente eficazes no controle do HIV. Hoje em dia os pacientes soropositivos tiveram um aumento da taxa de sobrevida e com ela a possibilidade de ter filhos. Impedir transmissão do vírus HIV aos descendentes é uma possibilidade para homens e mulheres portadores.

Com a ajuda de tratamento reprodução assistida é possível tomar medidas para engravidar e ter filhos de forma segura, ou seja, impedir a transmissão do HIV aos descendentes, que podem nascer livres do vírus da AIDS.

Como um homem portador de HIV pode ter filhos livres do HIV?

Quando se trata de um homem portador do vírus, o processo de lavagem do sêmen, que diminui a carga viral do esperma, possibilita às mulheres soronegativas com homens soropositivos gerarem, a partir do espermatozoide do marido, filhos sem o vírus. A técnica consiste na eliminação do plasma seminal (líquido que “protege” os espermatozoides e que é eliminado na ejaculação), na seleção dos espermatozoides com maior mobilidade e com formato normal e na injeção do espermatozoide diretamente dentro do óvulo. Essa técnica, conhecida como ICSI (injeção intracitoplasmática de espermatozoide) permite que apenas um espermatozoide entre em contato com o óvulo.

Com a técnica de ICSI o risco de transmissão do HIV é desprezível. Não há relatos de crianças soropositivas nascidas de mães que se submeteram a esse tipo tratamento.

Como uma mulher portadora de  HIV pode ter filhos livres do vírus da AIDS?

Quando a mulher é soropositiva pode ser realizada a inseminação artificial ou a fertilização in vitro para evitar o contato sexual do casal. A decisão por uma ou outra técnica caberá ao médico especialista, dependendo da avaliação do fertilidade do casal e idade materna. Durante a gestação, para evitar a transmissão vertical (que acontece da mãe soropositiva para o bebê), a mulher deverá continuar com o tratamento para que o bebê não seja contaminado por via placentária.

Vale lembrar que, no caso do HIV, tanto o homem quanto a mulher que desejam se submeter a tratamentos como estes devem estar em dia com a administração dos antirretrovirais, ter os níveis de carga viral indetectável e, ainda, um acompanhamento médico especializado e rigoroso.

Portadora de HIV pode amamentar?

Não. Para evitar qualquer risco de contágio, a mãe portadora do HIV não pode amamentar.

 

Solicite a sua primeira consulta:

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up