maio 13, 2014

Cirurgia de ambulatório pode devolver a fertilidade?

casal com bebê nos braços após superar a infertilidade através de cirurgia

fertilização in vitro e a inseminação artificial são os primeiros tratamentos que nos vêm à mente quando falamos de um problema de infertilidade, no entanto alguns casais não conseguem engravidar porque algum dos dois, geralmente a mulher, tem um problema anatômico ou uma patologia em seus órgãos reprodutores que pode ser solucionado com uma simples cirurgia de ambulatório.

Entre 10 e 20% dos pacientes que são tratados em uma clínica de fertilidade padecem de uma patologia orgânica e esse é o motivo principal pelo qual não podem engravidar de maneira natural.

O pólipo endometrial ou um mioma são os problemas mais comuns entre as mulheres, assim como a varicocele para os homens.

A mulher tem mais possibilidades de ter que passar pela cirurgia de ambulatório, pela maior complexidade de seu sistema e maior exigência de seu corpo para a gestação. Em alguns casos, a cirurgia é o principio de um tratamento de reprodução e pretende melhorar o prognóstico do tratamento.

Este fato ocorre principalmente quando se busca a gravidez após os 35 anos, quando esperar cerca de 2 anos para a recuperação da cirurgia para tentar a gravidez espontânea pode ser um risco. Algo que pode ser feito se a paciente tem cerca de 25 anos, por exemplo. No entanto nas clínicas do IVI a idade média de nossas pacientes é de 37 anos, quando já não se pode contar com uma margem de espera para a recuperação natural sem colocar em risco a saúde dos óvulos.

Os motivos mais comuns para submeter-se a uma cirurgia ambulatorial em uma clínica de reprodução são principalmente patologias orgânicas.

Patologias orgânicas que influenciam na fertilidade da mulher

  • Pólipos endometriais costumam dificultar a implantação do embrião.
  • Miomas localizados dentro do útero, assim como os pólipos, complicam a implantação
  • Hidrossalpinge ou acúmulo de líquido nas trompas de Falópio é tóxico para a gravidez espontânea.
  • Alguns cistos ovarianos dependendo de sua dimensão e localização precisam ser retirados tanto por saúde da paciente ou também para facilitar a punção folicular em uma futura FIV”

Patologias orgânicas que influenciam na fertilidade do homem

No caso do homem, patologias orgânicas podem produzir sintomas como dor e afetar a qualidade do sêmen em casos concretos. A varicocele é um exemplo.

Tratamento cirúrgico para devolver a fertilidade

A cirurgia laparoscópica é geralmente o tipo de operação mais comum nas clínicas de fertilidade. Recebe o nome pela utilização do laparoscopio, um equipamento que é introduzido por uma pequena incisão próxima ao umbigo e que permite a visão da cavidade pélvica abdominal com a ajuda de uma lente óptica e um monitor que reproduz um sinal na sala de cirurgia.

 

Solicite a sua primeira consulta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topoarrow_drop_up